ABPA reforça valores sustentáveis do setor brasileiro na Expo 2020 Dubai

Por Stephany Foscarini

A diretora técnica da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Sula Alves, destacou desafios e iniciativas focadas na governança e sustentabilidade da avicultura e da suinocultura do Brasil, em evento realizado no dia 3 de outubro nos Emirados Árabes Unidos. Ela foi palestrante no Fórum Econômico de Sustentabilidade sobre o Brasil e a região Amazônica, organizado pela Câmara de Comércio Árabe Brasileira em parceria com autoridades brasileiras e emiradenses.

No painel sobre “Parceria em Inovação e Tecnologias Digitais para um Desenvolvimento Sustentável”, que também contou com a participação de representantes de empresas árabes e do Diretor de Negócios da Apex-Brasil, Lucas Fiuza, Sula destacou os pontos-chave da sustentabilidade setorial e as razões pelas quais o país consegue produzir de forma sustentável carne de frango. “Há uma clara aptidão do Brasil para ser provedor de alimentos para o mundo. Isto começa com as condições climáticas e o consequente favorecimento de uma produção sustentável: abundância de insumos somado a uma vocação natural”, disse.

A diretora da ABPA também reforçou a importância do Brasil como parceiro estratégico para complementar a oferta de carne de frango nos diversos mercados. “Segurança alimentar é uma das maiores formas de colaboração do Brasil para a agenda 2030: alcançar os objetivos de desenvolvimento sustentável passa pela fome zero. Acabar com a fome é um dos 17 ODS e o Brasil faz sua parte ao oferecer proteína animal de qualidade e acessível a mais de 150 países”, reforçou. Sula também destacou oportunidades de intercâmbios de informação e tecnológicos como forma de aprofundamento de parcerias estratégicas entre as duas nações.

Foto: Divulgação | Fonte: Assessoria
Publicidade

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.