Novo Hamburgo avalia como muito produtiva primeira semana de aula presencial na rede municipal

Por Caren Souza

A Secretaria Municipal de Educação (SMED) avalia a primeira semana de aulas presenciais na rede municipal de ensino como muito positiva. Apesar de ter sido interrompida na quinta-feira e sexta-feira, por conta do feriado de Ascenção, as atividades realizadas entre segunda e quarta-feira foram muito produtivas.

Nossa expectativa é que a adesão dos pais para atividades presenciais cresça ainda mais.

A chamada greve sanitária convocada pelo Sindicato dos Professores, que se manifestou contra as aulas presenciais, teve pouca adesão. Dos 2 mil professores do quadro municipal, apenas 42 aderiram ao movimento. Os professores que não comparecerem às atividades terão o dia descontado do salário.  A rede municipal hamburguense conta com um total de 24 mil alunos e 89 escolas.

A decisão sobre a participação presencial das crianças na escola é tomada pelas famílias e registrada a partir da assinatura do Termo de Responsabilidade. Conforme levantamento da Secretaria de Educação, cerca de 60% dos responsáveis indicaram o retorno dos filhos já na primeira semana de aulas. Mesmo após a assinatura do documento, os pais podem mudar a decisão e solicitar novo termo na escola em que a criança está matriculada.

Cuidados

“Nossa expectativa é que a adesão dos pais para atividades presenciais cresça ainda mais”, destaca a secretária municipal de Educação, Maristela Guasselli. Detalhes sobre os procedimentos de saúde adotados em cada escola foram definidos no Plano de Contingência.

O documento, aprovado pelo Centro de Operações de Emergência Municipal Covid-19 (Coem Covid-19), descreve os protocolos sanitários e cuidados seguidos no ambiente escolar. Além do plano, cada escola possui seu Centro de Operações de Emergência Local, grupo formado por pessoas de diferentes segmentos e responsável por acompanhar o cumprimento das medidas apresentadas no documento.

Quanto aos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e materiais para reforçar os cuidados de higienização, conforme orientação dos órgãos de saúde, as escolas contam com os seguintes ítens encaminhados pela SMED: máscaras de tecido adulto e infantil, dispensadores de álcool em gel, álcool 70% líquido, álcool 70% em gel, desinfetante, sabonete líquido, termômetro para aferição de temperatura, tapete sanitizante, viseiras, propé (EMEIs), totem com pedal, papel toalha, equipamento de oxi-sanitização e purificação de ambientes.

Fonte: Assessoria

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.