Prado tem plano de segurança que abrange até quem não é morador

Por Ester Ellwanger

Primeiro bairro-cidade do Estado, o Prado desenvolveu um planejamento de gestão de segurança focado nos processos de mitigação de riscos. A proposta do plano, que atende a ISO 31000, é contemplar também quem não é morador — afinal, parte do empreendimento será aberto ao público, contando com escola, estabelecimentos comerciais e áreas de serviço. O estudo foi embasado por estatísticas de segurança pública da última década e projeção dos próximos anos, envolvendo detalhes ligados à infraestrutura, meios organizacionais, tecnologia e pessoal.

“O Prado é um dos poucos condomínios no Sul do Brasil que tem essa complexidade e magnitude em relação à segurança. Além da beleza, é confortável e seguro”, avalia Carlos Köhler, CEO da Cindapa, empresa especializada em condomínios de alto padrão no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, responsável pela execução do plano de segurança do empreendimento. Segundo ele, o uso de alta tecnologia a serviço da segurança é uma tendência no mercado.

No Prado, um dos destaques é o acesso a partir de biometria facial. Sem contato físico, o reconhecimento é feito em 0,2 segundo, com taxa de precisão acima de 99%, mesmo em ambientes com baixa luminosidade. O cadastramento de terceirizados e prestadores de serviço é integrado na nuvem, e todo o sistema é criptografado. Além disso, por meio de um aplicativo, o condômino pode enviar um aviso à central 24 horas, que monitora seu acesso ao bairro. Há sensores que identificam todo o perímetro, e o sistema de videomonitoramento, que contempla mais de cem câmeras, é ligado à central.

Na avaliação de Cláudio Luiz Brueckheimer, CEO do Prado, o empreendimento combina, em sua infraestrutura, soluções inovadoras, tecnológicas e ambientalmente responsáveis, que garantem o conforto, a conveniência e a segurança de um bairro privado. “As pessoas valorizam a conectividade, querem aproveitar a estrutura e incluem a segurança entre as prioridades”, ressalta Cláudio Luiz Brueckheimer.

Soluções inovadoras

Referência em Novo Urbanismo no Sul do país, o Prado Bairro-Cidade fica em Gravataí, na Freeway, junto ao trevo de acesso à GM, a apenas 15 minutos do Aeroporto Salgado Filho. O projeto foi criado para privilegiar as pessoas, buscando proporcionar interação social, trabalho, atividades esportivas e momentos de contemplação em meio a áreas preservadas de mata nativa.

O conceito é percebido em cada detalhe, desde a pavimentação do residencial — que utiliza paralelepípedo de basalto com face lisa, garantindo maior permeabilidade do solo, durabilidade, resistência e facilidade de manutenção — até o fornecimento de energia, que é todo subterrâneo. Além de eliminar a poluição visual, esse tipo de entrada de energia minimiza os riscos de rompimentos acidentais, reduz custos, tem manutenção mais rápida e eficiente, além de valorizar o metro quadrado do imóvel.

“Os postes de energia foram projetados sob medida para o empreendimento, com design único e iluminação em LED em todo o residencial”, explica o arquiteto Guilherme Cassanta, que atua na área de aprovação de projetos e fiscalização das obras do Prado. Ele destaca ainda a rede de fibra óptica oferecida no local (garantindo internet com link dedicado) e a instalação da rede de gás natural em todos os lotes. “Oferece maior segurança, por ser menos inflamável, dissipa rapidamente em caso de vazamento e permite uma queima mais limpa, além da praticidade do pagamento após o consumo”, acrescenta.

A arquitetura contemporânea, com materiais aparentes, aço corten, madeira, concreto aparente, vidro, e o paisagismo diferenciado — que contempla vegetação outonal, com as ruas mudando de cor conforme a estação do ano, variadas espécies nativas, plantas aromáticas e pomares (frutíferas) — somam-se à lista de diferenciais do projeto. “O conceito faz do Prado um lugar único. Temos a questão urbanística orientada para um meio mais natural e a convivência das pessoas, um bairro organizado para ser autônomo”, finaliza o CEO do Prado.

Foto: João Antônio/Divulgação | Fonte: Assessoria
Publicidade

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.