Ação beneficia e leva diversão para crianças de projeto social de Sapiranga

Por Ester Ellwanger

Diversão, alegria e muitas brincadeiras marcaram o sábado, 23 de outubro, de mais de 60 crianças e adolescentes atendidos pelo Núcleo Espírita Ciranda Luz, de Sapiranga, que participaram da ação social promovida pela Associação Campo Bom de Automobilismo (Acba) alusiva ao mês da criança. A iniciativa faz parte do projeto “Na Pista com a Super Turismo GT”, que é realizado pela Acba e que tem financiamento do Governo do Estado do Rio Grande do Sul – Secretaria do Esporte e Lazer (Sel) por meio do Pró-Esporte RS, com patrocínio da Sueca Rolamentos.


A atividade no bairro Voo Livre contou com brinquedos infláveis e almoço festivo. O evento teve a presença do piloto Rodrigo Lemke, que ao lado do seu irmão Marcelo Lemke, são incentivados pelo Pró-Esporte RS na disputa do Campeonato Gaúcho de Super Turismo 2021. Os atletas são moradores de Sapiranga, e por isso a realização do evento na cidade. A presidente da Acba, Fernanda Guerin, também integrou a ação.

“Conseguimos trazer um dia de diversão para as crianças atendidas pelo Ciranda de Luz, que faz um belo trabalho na comunidade. Foi possível ver a alegria da garotada. Fizemos um carreteiro com complementos e elas adoraram”, destacou Rodrigo Lemke, que inclusive ajudou a servir os pratos da meninada. “Ficamos realizados com a felicidade da criançada”, completou. Para Fernanda Guerin, a integração com as crianças foi especial. “São atividades como essa que podem fazer a diferença na vida de muitas delas”, enfatizou.

O Ciranda de Luz atende famílias sapiranguenses há mais de 30 anos, e realiza um trabalho de socialização com jovens dos 5 aos 14 anos de idade, com o objetivo de formar cidadãos. Para a vice-diretora de assistência social da entidade, Glaci Padilha, a ação deste fim de semana marcou a retomada de vínculos com as crianças, pois devido à pandemia de Covid-19 as atividades reduziram bastante desde março do ano passado.


“Hoje marca simbolicamente a retomada e com um dia festivo, que é sempre bastante aguardado por eles. Sempre oferecemos algo pelo Dia das Crianças e isso em 2020 foi frustrado pela pandemia. É um dia muito especial para todos nós”, comentou a voluntária. “Este tipo de ação e de trabalho são extremamente necessários, porque essas crianças não têm acesso a quase nada. Para participar de atividades como essa, as famílias precisariam ter dinheiro, mas elas não têm. Então a gente proporciona coisas que para nós parecem simples, mas que para elas fará toda a diferença e que ficará na memória”, complementou Glaci.

A industriária Janir Souza, de 45 anos, mãe de 10 filhos, frequenta o Ciranda de Luz desde criança e, no sábado, ela levou três filhos (Evilyn, 7, Davi, 10, e João, 12) e duas netas (Isadora, 10, e Sthefany, 12) para brincar. “Todos da minha família frequentaram o Ciranda de Luz. Só tenho a agradecer por tudo que aprendi aqui e hoje posso compartilhar um pouquinho”, disse Janir, que lembrou que as crianças estavam ansiosas pela chegada do sábado. “Gostei muito dos brinquedos infláveis”, revelou Evilyn.

Foto: Divulgação | Fonte: Assessoria
Publicidade

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.